Livro "Proibido Amor"



Proibido Amor não é fruto de negativismos, mas da esperança de que um dia poderemos viver em paz, não importando a cor da pele, a raça, o condição social ou orientação sexual. Que os leitores sejam agraciados pela mesma paixão pela vida que tenho em meu coração, e, parafraseando Jesus Cristo: "... que tenham vida em abundância..."


FILME: PROIBIDO AMOR

FILME: PROIBIDO AMOR
AJUDEM A TRANSFORMAR A OBRA "PROIBIDO AMOR" EM FILME. COMENTE SOBRE O LIVRO E INDIQUE O BLOG PARA ESTUDANTES DE CINEMA, ESCOLAS DE CINEMA, CINEASTAS, PRODUTORES ETC. ASSIM, JUNTOS VAMOS LEVAR A MENSAGEM DA INCLUSAO PARA TODO O BRASIL E DAR UM GRANDE PASSO NA FORMACAO DE UMA NOVA MENTALIDADE NO BRASIL.

Homossexualidade e fé Cristã

Loading...

quinta-feira, 31 de março de 2011

PASTOR MARCO FELICIANO FAZ DECLARAÇÃO RACISTA: Negros são Amaldiçoados... Pastor Deputado Marco Feliciano Causa Revolta no Twitter por Declaração Polêmica_FONTE: SITE O GALILEU

“Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é polêmica.'' afirmou Marco Feliciano

Por Redação O Galileo



Depois de Jair Bolsonaro, outro deputado eleito se envolveu em polêmica. O pastor Marco Feliciano (PSC) provocou reações adversas de usuários do Twitter depois de afirmar na rede que africanos descendem de um ancestral amaldiçoado por Noé e que sobre o continente africano respousa a "maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, aids (sic)". Na madrugada desta quinta, ele afirmou que iria abandonar o microblog.

“Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é polêmica. Não sejam irresponsáveis twitters rsss”, diz a mensagem postada no perfil do deputado, que é pastor evangélico e empresário.

Na sequência, Feliciano afirma: “sobre o continente africano repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, Aids. Fome...”

Ele também reclamou de agressões contra si por parte de usuários. "Somado aos desaforos da comunidade homoafetiva, mais os transtornos q vieram disso, sinto-me na obrigação de deixar o twitter", disse. Nenhum grupo ainda se pronunciou sobre as declarações do deputado, como aconteceu com Bolsanaro, mas na rede, diversas pessoas criticaram as postagens.

"Eu me pergunto, como pode vc ser deputado federal? Alguém tem que acabar com o voto de cabresto nas igrejas do Brasil", disse @leco_brito. Outros evangélicos também se manifestaram. "Por favor, não se indentifique como pastor não, pq isso é uma vergonha para os crentes de verdade. (sic)", publicou @vinniewarlock.

Outros usuários sugerem denúncias de ódio racial na Polícia Federal. "Como pode um deputado federal crer que o sofrimento dos africanos é justo num país com MILHÕES de afro-descendentes?", postou @paulobiber.
A reportagem do Uol Notícias entrou em contato com a assessoria do parlamentar, que preferiu não comentar as mensagens e afirmou que o próprio deputado irá se manifestar. Após o contato da reportagem com a assessoria de Feliciano, a primeira mensagem foi apagada.

No perfil de Marco Feliciano, há também várias mensagens direcionadas a homossexuais. O deputado afirma que vários internautas da comunidade gay o perseguem e convoca os “cristãos” a despejarem mensagens nas páginas de seus críticos. Em seguida, o parlamentar listou uma série de usuários do Twitter que supostamente o atacam.



Com informações UOL / NE10


Por um Brasil Inclusivo e uma Nação mais justa, Davy Rodrigues

7 comentários:

  1. Gostaria de oferecer um artigo escrito por mim da perspectiva antropológica, bíiblica e teológica que prova o quanto esse Senhor estpa errado. O mesmo poderá ser acessado aqui:

    http://ograndedialogo.blogspot.com/2011/10/raca-negra-foi-mesmo-amaldicoada-por.html

    Grato

    Alex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom post! Parabéns! Só se ganha uma nação com sabedoria e respeito. E só Deus levanta homens dignos de ser autoridade, não só na Terra, mas autoridades para falar da vontade divina. A palavra de Deus é conforto e não intimidação! Muitos são os chamados, mas poucos escolhidos por Deus! Que Deus nos cubra com a misericórdia dele para que essa e outras histórias se findem sem tragédias!

      Excluir
  2. sabe cada dia q passa apareçe mais gente pra fazer graça esse pastorzinho de merda filho de uma vaca leiteira, chupa rola, punheteiro´porrinha louca, porque voce não enfia o dedo nesse seu cu arrombado, seu bosta voce não vale nada, vai da meia hora de rabo seu ridiculo,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CUIDADO. OLHA COM QUEM VC ESTÁ FALANDO

      Excluir
  3. vamos orar pelo Brasil e por todas as nações, e que Deus tenha misericórdia de nossas vidas, que ao invés de orarmos ficamos felizes quando um servo do Senhor é envolvido em declarações infelizes.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. É uma vergonha pública, nacional e internacional um deputado federal fazer uma declaração dessas, um pastor que diz que o outro ser humano nasceu amaldiçoado por causa da cor de pele e não reconhece os direitos de outros seres humanos de escolherem a opção sexual que eles querem.Ele tem qur sair do palanque algemado e direto para as grades esse racista rídiculo preconceituoso, eu torço muito todo dia pra ele se renunciar o cargo...

    ResponderExcluir